Bebês devem ou não arrotar?

0
190
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Antes de pensar se bebês devem ou não arrotar, é importante lembrar alguns pontos sobre as mamadas.

O leite que o bebê recebe deve, preferencialmente, ser o materno, pois ele é preparado exclusivamente para cada bebê, suprindo suas necessidades nutricionais. O uso de fórmulas é indicado apenas quando a mãe não tem leite suficiente a ponto de prejudicar o ganho de peso do bebê, ou em casos de mastites (inflamações e infecções na mama), ou ainda em casos de mamilos que prejudicam a amamentação e alergias.

Garantir um ambiente calmo, tranquilo, com luminosidade adequada, pouco barulho, na posição correta (a mais adequada é a que o bebê fica quase sentado de frente para a mãe, chamada de posição de cavaleiro), pois tudo isso interfere na quantidade de ar que o bebê engole ao ser amamentado.

O uso de mamadeiras facilita maior entrada de ar e existem bicos mais anatômicos para minimizar isso. Mas sempre deve-se dar preferência ao peito pois a anatomia e o encaixe são perfeitos.

Lembrar que o aleitamento deve ser de acordo com a livre demanda, ou seja, sempre que o bebê quiser. Isso porque o aparelho digestivo deles é bem imaturo e pequeno.

Logo ao nascer, o estômago comporta de 5 a 7 ml de líquido e tem o tamanho equivalente a uma cereja pequena.

Por volta da primeira semana de vida, cabem de 45 a 60 ml e o estômago tem o tamanho de uma ameixa.

Após um mês de vida, cabem de 80 a 150 ml e o tamanho equipara-se ao de um ovo.

Todo bebê precisa arrotar depois de cada mamada? Por quê ?

É importante arrotar após cada mamada pois quando o ar fica dentro do estômago, ele ocupa lugar, distendendo-o e dando a sensação de saciedade mesmo com pouco leite. Pode ser por isso que alguns bebês mamam a toda hora, mas estão sempre com fome.

Não arrotar tem relação direta com cólicas, pois o ar dentro do aparelho digestivo e a distensão causada é extremamente incômoda para o bebê.

Se o bebê não engole ar, ou engole muito pouco, ele não irá arrotar. Assim, antes de ficar preocupada se o bebê não arrotou, vale prestar atenção se ele engoliu ar ou não durante a mamada.

Como vamos saber?

Prestando atenção em cada mamada, em relação ao tempo, à maneira que o bebê pega o peito, na sucção. A mãe vai conhecendo aos poucos o ritmo do seu filho.

O parâmetro a ser observado é o ganho de peso, por isso consulte sempre o pediatra.

Qual é o risco se o bebê não arrota depois de mamar?

Não arrotar significa que o ar (se ele entrou), estará preso dentro do estômago do bebê. Isso pode facilitar o refluxo ou o retorno de conteúdo de leite à boca. Por isso a orientação é deixar o bebê na posição mais sentada até arrotar, tendo o cuidado de não comprimir (apertar) a barriga e o estômago, pois isso, certamente irá causar a volta do leite.

É importante lembrar que nem sempre o arroto é audível, ele pode ser silencioso e breve.

Arrotar não é obrigatório, mas ficar na posição mais vertical para que ele possa eliminar o ar que engoliu, sim. Isso é importante.

Até que idade a mãe deve colocá-lo para arrotar, depois da mamada no peito ou na mamadeira?

O estômago do bebê após o primeiro mês já acomoda mais volume, mas ele ainda está iniciando a coordenação da sucção e deglutição. Considera-se seguro que até pelo menos quatro meses de idade, deve-se colocar os bebês para arrotar.

A mamãe vai conhecendo melhor como seu filho mama e se engoliu bastante ar ou não.

 

As três posições mais utilizadas para o bebê arrotar são:

Ombro: colocar o bebê no ombro, apoiando-o com a mão, segurando no bumbum. Dar alguns tapinhas ou massagear auxilia. Cuidado para não chacoalhar nem apertá-lo contra seu corpo, pois facilita a volta do leite à boca.

 

 

Sentado: colocar o bebê sentado de costas para a mamãe e inclinar o tronco dele para frente, segurando-o pelo queixo e ombro. Atenção para não balançá-lo com a perna e não incliná-lo demais, com risco de queda ou de voltar o conteúdo à boca.

 

 

 

No colo virado de frente: muito similar à posição anterior, mas voltado de frente. As mesmas orientações devem ser seguidas.

Existe algum risco de engasgo nesse processo?

Ao fazer o bebê arrotar, cuidado para não chacoalhá-lo e não apertar sua barriguinha, pois isso facilita o retorno do conteúdo alimentar (leite) e pode causar engasgos e asfixias, em casos mais graves.

O fundamental é não ter pressa, aguardar, aproximadamente, 10 minutos para que o arroto ocorra ou não. Esse tempo garante também que o estômago tenha iniciado o processo de esvaziamento, ficando menos leite dentro dele, reduzindo o risco de engasgos.

Lembre sempre que as mamadas devem ser feitas em ambientes tranquilos, não barulhentos, Deixe a agitação fora desse momento, desligue o celular, tudo pode esperar para que o bebê seja amamentado. O momento da mamada não é apenas de alimentação e sim de vinculo entre mãe e bebê, que é construído a cada momento.

Vamos criar boas memórias para os filhotes sobre alimentação com carinho, cuidado, zelo, proteção e amor. Muitos dos transtornos alimentares em adolescentes e adultos vêm da fase de aleitamento materno.

Abraço carinhoso,

Márcia Yamamura

 

 

 

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here