Bebês devem ou não arrotar?

0
785
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Antes de pensar se bebês devem ou não arrotar, é importante lembrar alguns pontos sobre as mamadas.

O leite que o bebê recebe deve, preferencialmente, ser o materno, pois ele é preparado exclusivamente para cada bebê, suprindo suas necessidades nutricionais. O uso de fórmulas é indicado apenas quando a mãe não tem leite suficiente a ponto de prejudicar o ganho de peso do bebê, ou em casos de mastites (inflamações e infecções na mama), ou ainda em casos de mamilos que prejudicam a amamentação e alergias.

Garantir um ambiente calmo, tranquilo, com luminosidade adequada, pouco barulho, na posição correta (a mais adequada é a que o bebê fica quase sentado de frente para a mãe, chamada de posição de cavaleiro), pois tudo isso interfere na quantidade de ar que o bebê engole ao ser amamentado.

O uso de mamadeiras facilita maior entrada de ar e existem bicos mais anatômicos para minimizar isso. Mas sempre deve-se dar preferência ao peito pois a anatomia e o encaixe são perfeitos.

Lembrar que o aleitamento deve ser de acordo com a livre demanda, ou seja, sempre que o bebê quiser. Isso porque o aparelho digestivo deles é bem imaturo e pequeno.

Logo ao nascer, o estômago comporta de 5 a 7 ml de líquido e tem o tamanho equivalente a uma cereja pequena.

Por volta da primeira semana de vida, cabem de 45 a 60 ml e o estômago tem o tamanho de uma ameixa.

Após um mês de vida, cabem de 80 a 150 ml e o tamanho equipara-se ao de um ovo.

Todo bebê precisa arrotar depois de cada mamada? Por quê ?

É importante arrotar após cada mamada pois quando o ar fica dentro do estômago, ele ocupa lugar, distendendo-o e dando a sensação de saciedade mesmo com pouco leite. Pode ser por isso que alguns bebês mamam a toda hora, mas estão sempre com fome.

Não arrotar tem relação direta com cólicas, pois o ar dentro do aparelho digestivo e a distensão causada é extremamente incômoda para o bebê.

Se o bebê não engole ar, ou engole muito pouco, ele não irá arrotar. Assim, antes de ficar preocupada se o bebê não arrotou, vale prestar atenção se ele engoliu ar ou não durante a mamada.

Como vamos saber?

Prestando atenção em cada mamada, em relação ao tempo, à maneira que o bebê pega o peito, na sucção. A mãe vai conhecendo aos poucos o ritmo do seu filho.

O parâmetro a ser observado é o ganho de peso, por isso consulte sempre o pediatra.

Qual é o risco se o bebê não arrota depois de mamar?

Não arrotar significa que o ar (se ele entrou), estará preso dentro do estômago do bebê. Isso pode facilitar o refluxo ou o retorno de conteúdo de leite à boca. Por isso a orientação é deixar o bebê na posição mais sentada até arrotar, tendo o cuidado de não comprimir (apertar) a barriga e o estômago, pois isso, certamente irá causar a volta do leite.

É importante lembrar que nem sempre o arroto é audível, ele pode ser silencioso e breve.

Arrotar não é obrigatório, mas ficar na posição mais vertical para que ele possa eliminar o ar que engoliu, sim. Isso é importante.

Até que idade a mãe deve colocá-lo para arrotar, depois da mamada no peito ou na mamadeira?

O estômago do bebê após o primeiro mês já acomoda mais volume, mas ele ainda está iniciando a coordenação da sucção e deglutição. Considera-se seguro que até pelo menos quatro meses de idade, deve-se colocar os bebês para arrotar.

A mamãe vai conhecendo melhor como seu filho mama e se engoliu bastante ar ou não.

 

As três posições mais utilizadas para o bebê arrotar são:

Ombro: colocar o bebê no ombro, apoiando-o com a mão, segurando no bumbum. Dar alguns tapinhas ou massagear auxilia. Cuidado para não chacoalhar nem apertá-lo contra seu corpo, pois facilita a volta do leite à boca.

 

 

Sentado: colocar o bebê sentado de costas para a mamãe e inclinar o tronco dele para frente, segurando-o pelo queixo e ombro. Atenção para não balançá-lo com a perna e não incliná-lo demais, com risco de queda ou de voltar o conteúdo à boca.

 

 

 

No colo virado de frente: muito similar à posição anterior, mas voltado de frente. As mesmas orientações devem ser seguidas.

Existe algum risco de engasgo nesse processo?

Ao fazer o bebê arrotar, cuidado para não chacoalhá-lo e não apertar sua barriguinha, pois isso facilita o retorno do conteúdo alimentar (leite) e pode causar engasgos e asfixias, em casos mais graves.

O fundamental é não ter pressa, aguardar, aproximadamente, 10 minutos para que o arroto ocorra ou não. Esse tempo garante também que o estômago tenha iniciado o processo de esvaziamento, ficando menos leite dentro dele, reduzindo o risco de engasgos.

Lembre sempre que as mamadas devem ser feitas em ambientes tranquilos, não barulhentos, Deixe a agitação fora desse momento, desligue o celular, tudo pode esperar para que o bebê seja amamentado. O momento da mamada não é apenas de alimentação e sim de vinculo entre mãe e bebê, que é construído a cada momento.

Vamos criar boas memórias para os filhotes sobre alimentação com carinho, cuidado, zelo, proteção e amor. Muitos dos transtornos alimentares em adolescentes e adultos vêm da fase de aleitamento materno.

Abraço carinhoso,

Márcia Yamamura

 

 

 

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here