Cientistas de Harvard descobrem a base neuroanatômica para a via de ação da acupuntura

0
396
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Cientistas de Harvard descobriram a base neuroanatômica para a via de ação da acupuntura – uma via de sinalização antiinflamatória específica – o que gera avanços na compreensão do potencial terapêutico da acupuntura.

A equipe, liderada por neurobiologistas da Harvard Medical School, encontrou o tipo específico de neurônio – “neurônios sensoriais marcados com PROKR2-Cre” – que deve estar presente para que a acupuntura promova uma resposta antiinflamatória através do eixo vago-adrenal, uma via de sinalização do sistema nervoso, de acordo com seu artigo publicado na revista Nature no mês passado.

Em um estudo realizado em camundongos, os pesquisadores mostraram que os neurônios marcados com PROKR2-Cre ocorrem apenas em uma área da região dos membros posteriores, explicando por que a resposta antiinflamatória não está presente em outras regiões do corpo.

O autor sênior do artigo e professor de neurobiologia do HMS, Qiufu Ma, disse que essa descoberta permitirá aos cientistas prever a eficácia do tratamento com acupuntura antiinflamatória em diferentes pontos do corpo.

“Mais importante ainda, com base na distribuição dessa fibra, podemos prever onde [ela] será eficaz”, disse Ma.

A equipe estava interessada em um problema médico conhecido como “tempestade de citocinas”, que é desencadeado por doenças como Covid-19 e câncer. Uma “tempestade de citocinas” ocorre quando nossa resposta imunológica libera muitas citocinas pró-inflamatórias – pequenas proteínas importantes na sinalização celular – que causam “danos colaterais” em nossos corpos, de acordo com Ma.

Ma apontou uma descoberta anterior que mostrou que a “breve estimulação elétrica” ​​do eixo vago-adrenal – uma via em que o nervo vago sinaliza à glândula supra-renal para liberar dopamina, o que reduz a inflamação – via acupuntura aumenta a sobrevivência em camundongos que sofrem de “tempestade de citocinas” de 20 por cento para cerca de 75 por cento.

A equipe espera que seu estudo possa abrir novas portas para a otimização desta aplicação terapêutica antiinflamatória da acupuntura, de acordo com o co-autor e pós-doutorando Shenbin Liu.

“Essas descobertas podem abrir caminho para a otimização dos parâmetros de estimulação bioeletrônica (por exemplo, intensidade de estimulação, localização e profundidade) para conduzir vias distintas para o tratamento de doenças específicas, incluindo síndromes graves de liberação de citocinas, cujo manejo continua sendo um grande desafio médico”, Liu escreveu em um e-mail. O próximo passo da equipe é usar as descobertas do estudo em animais e trazê-las de volta ao contexto humano, de acordo com Ma.

Ma disse que a esperança é que a “principal organização nervosa” entre ratos e humanos seja “conservada evolutivamente” para que os parâmetros que eles descobriram em ratos possam ser usados ​​como orientação em estudos clínicos futuros.

Traduzido de:

https://www.thecrimson.com/article/2021/11/23/cytokine-storm/ (publicado em 23/11/21)

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
SHARE
Previous articleAcupuntura Veterinária
Next articleACUPUNTURA ALIVIA A CÓLICA
Pediatra, Especialista em Acupuntura pela Associação Médica Brasileira (AMB). Mestre em Ciências pela EPM-Unifesp. Coordenadora do Curso de Especialização e Desenvolvimento em Medicina Chinesa-Acupuntura do Center AO.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here